ELVAS: “A GUERRA COMO MODO DE VER ” EM EXPOSIÇÃO NO MACE

ELVAS: “A GUERRA COMO MODO DE VER ” EM EXPOSIÇÃO NO MACE

01/12/2018 0 Por Antonio Pinto

O Museu de Arte Contemporânea de Elvas (MACE), inaugurou na tarde deste sábado, dia 1 de dezembro, a exposição “A Guerra como Modo de Ver”.

Trata-se de uma exposição que integra obras de 31 artistas representados na Coleção António Cachola.

Na inauguração estiveram presentes a Ministra da Cultura Dra. Graça Fonseca, o Presidente da Câmara Municipal de Elvas Dr.Nuno Mocinha, o Comendador António Cachola, o Deputado da Assembleia da República Luís Testa, a Directora Regional da Cultura do Alentejo Dra. Ana Paula Amendoeira e a curadora da exposição Dra. Ana Cristina Cachola entre outros convidados.

Esta mostra para Nuno Mocinha representa “um dia especial para o museu, dado que inaugura mais uma exposição e dá mais um passo na cultura, mas também na projecção que a cultura permite dar nesta caminhada que é de todos”. O autarca felicitou a curadora Ana Cristina Cachola pelo “empenho nesta mostra à qual pôs o sentimento e o saber científico que é no fundo a sua formação académica” e mostrou-se satisfeito por “ver elvenses a fazer algo diferente por Elvas e este projeto que é nosso, mexe de maneira diferente com todos nós e que consegue replicar Elvas, não só para Portugal como para todo o mundo”.

Ana Cristina Cachola, a curadora desta mostra, agradeceu a presença de todos, que colaboraram na organização desta exposição, que considera “muito exigente do ponto de vista da montagem, do ponto de vista de instalações multimédia”. Para a responsável “os modos de ver são exatamente uma forma de ver as coisas de acordo com aquilo que sabemos e de acordo com aquilo em que acreditamos”.

Esta exposição é sobre o modo como a captação de imagens e como a sua difusão foi avançando do mesmo modo que o armamento militar.

A ministra da Cultura Dra Graça Fonseca, mostrou-se satisfeita por estar nesta exposição “que simboliza perfeitamente o que entende que deve ser a política cultural, que é nacional e não é só de Lisboa; trabalhar numa lógica em rede percebendo e afirmando que há extraordinários museus e colecções fora dos grandes centros urbanos” e acrescentou que se deve “trabalhar entre a administração central, os municípios e os privados como forma de mostrar que o Pais tem uma oferta cultural e diversificada e que não reside apenas em Lisboa”.

A Exposição “A Guerra como Modo de Ver” inaugurada hoje sábado, dia 1 de Dezembro, abre portas ao público, amanhã domingo, dia 2 de Dezembro e estará patente até dia 31 de dezembro de 2019.

Facebook
Facebook
Google+
Google+
https://tvguadiana.pt/2018/12/01/elvas-a-guerra-como-modo-de-ver-em-exposicao-no-mace">
YouTube