ÉVORA: FUNDAÇÃO ALENTEJO COMEMOROU 20 ANOS

ÉVORA: FUNDAÇÃO ALENTEJO COMEMOROU 20 ANOS

10 de Maio de 2019, 09:31h 0 Por Redação

A Fundação Alentejo comemorou o seu 20º aniversário no dia 7 de maio de 2019. Duas décadas marcadas pela constituição de um património educativo ao serviço do Alentejo e dos alentejanos, como tem referido Fernanda Ramos, Presidente desta instituição que começou a atuar anos antes com a criação da EPRAL – Escola Profissional da Região Alentejo, em 1990.

As comemorações iniciaram, durante a manhã, no auditório da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo com a peça de teatro “Os 20 anos da Fundação Alentejo numa aula de História”, representada pelos alunos do Ano Zero do Colégio Fundação Alentejo, com a apresentação do vídeo evocativo dos 20 anos da Fundação Alentejo realizado pela EPRAL, e seguindo-se da intervenção de Fernanda Ramos, Presidente da Fundação Alentejo, na qual fez um balanço dos 20 anos de atividade nas quatro áreas que foram constituídas: a Escola Profissional da Região Alentejo, o Colégio Fundação Alentejo, a Formação de Adultos e a Cooperação para o Desenvolvimento nos países da CPLP, reforçando a certificação de cerca de seis mil jovens com uma taxa de empregabilidade de 70%, de 11 mil adultos, e a formação de 850 alunos em Angola e em São Tomé e Príncipe.

O último momento do dia das comemorações ocorreu ao final da tarde, no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, em Évora, com o lançamento do Vinho de Prestígio – Seleção da Presidente”, iniciado e encerrado com prestações de música acústica a cargo do “Quarteto de Guitarras”, do Conservatório Regional de Música de Évora.

O projeto, impulsionado pela ideia inicial de criação de uma marca-rótulo e de uma embalagem original apropriada, de edição limitada, ao mesmo tempo evocativa da efeméride e personalizada na pessoa da Presidente, mobilizou internamente uma equipa de desenvolvimento e o envolvimento de parceiros, entidades de referência, produtoras do setor vitivinícola na Região Alentejo.

Na sua alocução, Fernanda Ramos, salientou a importância da dedicação e do trabalho colaborativo, apanágios do trabalho realizado na Fundação Alentejo, potenciando competências e atividades formativas relacionadas com as áreas de formação em funcionamento na EPRAL e a preocupação de serem evidenciados elementos inovadores e de notoriedade social, valorizadores da economia e da cultura regional (na circunstância, vitivinicultura, enologia e eno-gastronomia, setores de atividade onde o Alentejo se tem destacado, com assinalável prosperidade e potencial) que permanecerão na história, no património e na memória coletiva da Fundação.

1 2 3 4

5 6 7