REGUENGOS DE MONSARAZ VAI TER PROJETO PILOTO PARA UM SISTEMA PAYT DE RECOLHA SELETIVA DE RESÍDUOS

REGUENGOS DE MONSARAZ VAI TER PROJETO PILOTO PARA UM SISTEMA PAYT DE RECOLHA SELETIVA DE RESÍDUOS

18 de Setembro de 2019, 10:28h 0 Por Redação

O Município de Reguengos de Monsaraz vai assinar um protocolo com a Gesamb – Gestão Ambiental e de Resíduos para a implementação de um projeto piloto para um sistema PAYT (Pay-as-you-throw) de recolha seletiva e para reforço do circuito de recolha de plástico no canal HORECA (Hotéis/Restaurantes/Cafés). O protocolo surge no âmbito da candidatura aos fundos comunitários que a Gesamb apresentou ao Plano Operacional da Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Através do sistema PAYT, a autarquia pretende promover a separação de resíduos pelos munícipes e a recolha seletiva para criar mecanismos que permitam reduzir a tarifa de resíduos cobrada ao consumidor, mediante a entrega de recicláveis numa área identificada pelo município onde vão estar contentores para a deposição de papel/cartão, plástico/metal e vidro. O sistema prevê a criação de uma taxa variável em substituição da taxa fixa, que será de maior valor conforme o volume ou peso dos resíduos que cada cidadão produzir.

A candidatura da Gesamb prevê um investimento de cerca de 70 mil euros com a aquisição para o Município de Reguengos de Monsaraz de uma viatura ligeira até 3.500 Kg, 200 contentores de 50 litros e 100 contentores de 120 litros para a recolha seletiva junto do canal HORECA, dos serviços e do comércio, três contentores de 30 metros cúbicos, uma balança e a adaptação do software. A autarquia pretende assim aumentar até 2020 a recolha seletiva de resíduos em 86,62 toneladas, o que corresponde a um aumento da capitação de 8,5 Kg por habitante por ano, e cumprir as metas definidas no PERSU 2020 e em discussão no âmbito do Pacote da Economia Circular.