ÉVORA OFERECE “ARTES EM CASA”

ÉVORA OFERECE “ARTES EM CASA”

15 de Abril de 2020, 11:24h 0 Por Redação

Dança, contos, música, poesia, teatro e vídeo são algumas das áreas artísticas que integram a iniciativa “Artes em Casa”. Trata-se de uma programação cultural online promovida pela Câmara Municipal de Évora, disponibilizada em artespublicas.cm-evora.pt, entre 15 a 29 de abril.

Organizada num curto espaço de tempo, esta proposta pretende minimizar os prejuízos causados pela atual suspensão da atividade cultural de artistas e criadores locais, sendo esses os autores desta programação.

A iniciativa seguiu alguns critérios de seleção, nomeadamente, o poderem integrar o “Artes em Casa” exclusivamente artistas e criadores locais cuja única fonte de rendimento seja a sua atividade artística. E tem como parceiros na sua organização, além da Câmara Municipal de Évora, o Armazém 8, a associação É Neste País e alguns criadores locais, e o apoio da Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCALEN).

O Armazém 8 disponibilizou o seu espaço e os seus meios técnicos para a gravação e emissão, em streaming, de algumas atividades desta programação, cumprindo todas as medidas sanitárias atualmente em vigor.

Desta forma, e sempre em colaboração com os agentes culturais locais, a Câmara Municipal de Évora espera contribuir para a sustentabilidade e projeção da cultura local e para veicular uma mensagem global de união de esforços para ultrapassar este tão inesperado desafio, que a todos afeta.

15 de abril

17h30 – Bru Junça | Contos

18h00 – Da rua para o Palco, Zé Peps e Jaime Almeida | Música

16 de abril

17h30 – Contos não tão solitários, Cristina Viana e Francisco Cabrita | Multimédia

17 de abril

17h30 – O grande fiasco, Diogo Duro e Tó Zé | Teatro

18h00 – Magna Terra Virtual, João Cágado | Música

18 e 19 de abril

17h30 – A Poesia de Quarentena, Paulo Roque e Rolando Galhardas | Poesia e vídeo

20 de abril

17h30 – Carta de um prisioneiro, Hugo Miguel Coelho | Teatro Documental

18h30 – Poesia no Sofá, Zé Peps, Florbela Figueiredo e André Neto | Música e poesia

21 de abril

17h30 – O Bolo, Companhia teatral Era uma vez, José Carlos Alegria e Ana Margarida Alegria | Teatro de marionetas

22 de abril

17h30 – A Casa que habito, Elisabete Barradas, Mariana Coimbra Ribas e Yuco di Lello | Performance

18h00 – Gestos suspensos, Eliete Santos e Luís Sequeira | Dança

23 a 27 de abril

17h30 – Quem fará a Revolução do’SCravos?, Anabela Calatroia, Cláudia Lázaro e José Coimbra

28 de abril

17h30 – Simone e Sylvie (A partir do texto “As Vedetas”, de Lucien Lambert), Cláudia Lázaro e Chissangue Afonso | Teatro

29 de abril

17h30 – Jacarandás, palavras musicadas, Chissangue Afonso, André Penas e Nuno Zúniga | Música e poesia

18h00 – CA.CO: Campaniça e Contrabaixo, Carlos Menezes e Tó Zé | Música