15 de Junho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ABERTURA DO TERCEIRO ALBERGUE NO CAMINHO DA GEIRA: REPOUSO DO CAMINHANTE

ABERTURA DO TERCEIRO ALBERGUE NO CAMINHO DA GEIRA: REPOUSO DO CAMINHANTE

1200x600

Celebração da Inauguração do “Repouso do Caminhante”

O Caminho da Geira, rota secular que serpenteia pela província galega de Ourense, celebra a inauguração do seu terceiro albergue, batizado de “Repouso do Caminhante”, situado em Beariz. Sob a liderança de José Balboa Rodríguez, escritor e filósofo octogenário, uma casa ancestral com dois séculos de história foi meticulosamente restaurada, transformando-se num refúgio para os peregrinos.

Da Biblioteca Pessoal ao Espaço de Acolhimento

Inicialmente concebido como uma biblioteca pessoal, o projeto tomou uma nova direção, emergindo como um espaço de acolhimento para os caminhantes que percorrem essa lendária rota. Com capacidade para abrigar seis pessoas em beliches, o albergue possui a flexibilidade de expandir esse número através da inclusão de colchões adicionais, se necessário.

Solidariedade e Generosidade: O Coração do “Repouso do Caminhante”

Movido pelo espírito de solidariedade e generosidade, o “Repouso do Caminhante” opera com base em doações, almejando oferecer aos peregrinos um ambiente sereno e acolhedor para repousar durante a jornada. José Balboa Rodríguez enxerga o Caminho não apenas como uma rota de peregrinação, mas como uma oportunidade de revitalizar as áreas rurais e combater a desertificação que assola muitas regiões.

Expansão e Futuro do Caminho

Além desta nova adição, outros albergues já pontuam o percurso do Caminho da Geira, como os de Santiago de Caldelas e Couso-Pontevea. Planos futuros incluem a reabilitação da aldeia de Varziela e a instalação de um albergue na fronteira. Com um total de 239 quilómetros, o Caminho da Geira destaca-se por seu valioso património histórico, abrangendo desde a antiga Geira romana até à majestosa Reserva da Biosfera Transfronteiriça Gerês-Xurés, culminando numa conexão direta com a imponente Catedral de Santiago de Compostela.

Importância Cultural e Espiritual Além-Fronteiras

Ao longo dos últimos seis anos, este caminho secular tem sido percorrido por cerca de quatro mil peregrinos, provenientes de diversos países, testemunhando a sua importância cultural e espiritual além-fronteiras.

Skip to content