20 de Junho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

AI4LEAFHOPPER: INNOVPLANTPROTECT VENCE PROJETO EUROPEU PARA COMBATER A CIGARRINHA-VERDE NO ALENTEJO

AI4LEAFHOPPER: INNOVPLANTPROTECT VENCE PROJETO EUROPEU PARA COMBATER A CIGARRINHA-VERDE NO ALENTEJO

AI4Leafhopper: InnovPlantProtect Vence Projeto Europeu para Combate à Cigarrinha-Verde nas Vinhas do Alentejo

O projeto “AI4Leafhopper: Automatic Infestation Alert for Leafhopper using Drone Imagery”, liderado pelo InnovPlantProtect (InPP), é um dos vencedores da 1ª edição das candidaturas PULL do programa Horizonte Europa ICAERUS, na categoria “Agricultura, Floresta e Desafios Rurais”. Este projeto visa ajudar os viticultores a combater uma das principais pragas das vinhas alentejanas, a cigarrinha-verde.

Contexto e Desafios da Cigarrinha-Verde

A cigarrinha-verde, ou cicadela, é uma praga emergente que afeta gravemente a produção de vinho, especialmente na região do Alentejo. Esta praga tem impacto significativo tanto no rendimento como na qualidade das vinhas, sendo um problema especialmente desafiante em modos de produção biológicos. Com as alterações climáticas, a cigarrinha-verde tornou-se uma das maiores ameaças para os viticultores da região, exigindo soluções eficazes e sustentáveis.

Tecnologias Avançadas no AI4Leafhopper

O projeto AI4Leafhopper utiliza tecnologias avançadas, como drones, para monitorizar e controlar as infestações de cigarrinha-verde. A combinação de imagens aéreas captadas por drones com dados populacionais recolhidos por armadilhas convencionais permite um controlo mais preciso e eficiente da praga. Ilaria Marengo, investigadora do InPP, explica que o sistema inovador desenvolvido irá fornecer aos viticultores informações sobre a localização, intensidade e temporalidade das infestações.

Benefícios e Implementação

Os principais benefícios do AI4Leafhopper incluem a redução do uso de pesticidas, minimização do impacto ambiental e redução de custos operacionais. O sistema prevê o risco de infestação até duas semanas antes, permitindo ações preventivas e mais eficazes. Além disso, a aplicação precisa de produtos fitoquímicos contribui para a diminuição das emissões de CO2 e melhora a qualidade do vinho na pós-colheita.

Colaborações e Impacto

O projeto conta com a colaboração das empresas Reynolds Wine Growers e João Portugal Ramos, com as quais o InPP tem vindo a trabalhar desde 2021 e 2023, respetivamente. Este esforço conjunto visa não só combater a cigarrinha-verde, mas também promover práticas agrícolas mais sustentáveis e eficientes.

Para mais informações sobre o projeto AI4Leafhopper, pode visitar a página oficial aqui.

Skip to content