22 de Julho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ANSR, GNR E PSP JUNTAM-SE NA CAMPANHA “CINTO-ME VIVO” PELA SEGURANÇA NAS ESTRADAS

ANSR, GNR E PSP JUNTAM-SE NA CAMPANHA “CINTO-ME VIVO” PELA SEGURANÇA NAS ESTRADAS

320 x634px noticia site cinto me vivo

Campanha de Segurança Rodoviária “Cinto-me Vivo” Lançada em Todo o País

As autoridades responsáveis pela segurança rodoviária em Portugal, nomeadamente a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP), deram início, hoje, dia 12 de setembro, à Campanha de Segurança Rodoviária “Cinto-me Vivo.” Esta iniciativa está inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2023 e decorrerá até o dia 18 de setembro. O principal objetivo desta campanha é sensibilizar condutores e passageiros para a importância vital de utilizar de forma adequada os dispositivos de segurança nos veículos.

O Cinto de Segurança: Proteção Essencial em Acidentes

A utilização correta do cinto de segurança é fundamental, pois em caso de colisão, mesmo a baixa velocidade, os ocupantes do veículo, que não estejam devidamente protegidos pelo cinto, continuam a mover-se a uma velocidade igual à do veículo no momento do acidente. Esta campanha alerta para o risco que os ocupantes correm em não utilizar este dispositivo.

Cinto de Segurança: Um Fator Crítico em Acidentes

Num acidente frontal a 50 km/h, um condutor com 70kg, sem cinto de segurança, enfrenta um impacto equivalente a uma queda livre de um terceiro andar. Esta é a realidade que a campanha “Cinto-me Vivo” pretende evidenciar, sublinhando a necessidade de todos os ocupantes dos veículos usarem o cinto de segurança de forma adequada.

Outros Dispositivos de Segurança em Foco

A campanha também enfatiza a importância do uso correto de outros dispositivos de segurança. O capacete, quando aprovado e devidamente ajustado, pode reduzir o risco de morte em caso de acidente em até 40%. Da mesma forma, a utilização apropriada de cadeirinhas homologadas, adaptadas ao tamanho e peso da criança, pode diminuir o risco de morte em 50%. Para crianças com peso até 18 Kg, a utilização de cadeirinha virada para trás, em combinação com o cinto de segurança, pode reduzir o risco de lesões graves ou morte em até 90%.

Fiscalização e Sensibilização 

A campanha “Cinto-me Vivo” não se limita a sensibilizar os condutores apenas em Portugal continental, abrangendo também as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira. A Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) irão realizar operações de fiscalização em locais de elevado tráfego rodoviário, alinhadas com o Plano Nacional de Fiscalização 2023, visando contribuir para a diminuição de acidentes e para a promoção de comportamentos mais seguros no que concerne à correta utilização dos dispositivos de segurança.

Operações e Locais de Fiscalização

As operações de fiscalização coincidirão com ações de sensibilização e terão lugar em diversas localidades e datas, a saber:

  • Dia 12 de setembro, às 8h00: EN1 – Rotunda de Alenquer;
  • Dia 13 de setembro, às 15h00: Avenida Capitão Gaspar de Castro (imediações da E.B. 2, 3 Frei Bartolomeu dos Mártires), Viana do Castelo;
  • Dia 14 de setembro, às 8h00: Rotunda do Feliz, Celeirós;
  • Dia 15 de setembro, às 14h00: Largo Cândido dos Reis, Santarém;
  • Dia 18 de setembro, às 14h00: Rua de Fátima, Caldelas.

Apelo à Responsabilidade de Todos

A ANSR, a GNR e a PSP fazem um apelo veemente a todos os utilizadores da estrada para que adotem práticas seguras, lembrando que a sinistralidade rodoviária não é inevitável e que as consequências mais graves podem ser evitadas mediante a adoção de comportamentos responsáveis e a correta utilização dos dispositivos de segurança.



Skip to content