04/08/2021

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ATUALIDADE: ELVAS, CAMPO MAIOR E BADAJOZ APRESENTARAM CANDIDATURAS PARA DOIS PROJETOS CONJUNTOS

A apresentação de duas candidaturas da Eurocidade Badajoz-Elvas-Campo Maior à convocatória do Interreg V-A teve lugar esta terça-feira dia 1, no Centro da Ciência do Café (CCC), em Campo Maior, com a presença do Alcaide de Badajoz, Francisco Fragoso, e dos presidentes das Câmaras Municipais de Elvas e Campo Maior, Nuno Mocinha e Ricardo Pinheiro.
 
Neste âmbito foram apresentadas duas candidaturas, a primeira respeitante ao projeto GURA (Guardiães da Raia) e a segunda ao projeto EUROBEC (Construindo a Eurocidade).
 
O projeto GURA foi apresentado pelo autarca de Elvas, Nuno Mocinha, e prevê ações sobre o património de Badajoz, Elvas e Campo Maior, no âmbito da recuperação do património fortificado nas três localidades para ampliar a oferta turística, cultural e patrimonial, prevendo-se posteriormente a sua integração num único circuito turístico, num total de 17 projetos de recuperação, dos quais 6 em Elvas, 4 em Badajoz e 7 em Campo Maior.
 
Neste projeto está também contemplada a criação de uma Escola de Artes e Ofícios do Património, para formar e qualificar profissionais especializados nas técnicas e materiais de reabilitação, que ficará sedeada em Elvas. O projeto envolve ainda a promoção e divulgação conjunta do património.
 
No GURA está previsto um investimento de mais de 6 milhões de euros, que inscreverá para financiamento do programa cerca de 75 por cento deste montante, a realizar-se entre 2016 e 2019.
 
O EUROBEC inclui estruturas de governabilidade da Eurocidade, desenho estratégico da Eurocidade e microacções de cooperação, onde se apontam várias ações, entre as quais: a criação de uma agenda comum (cultural e desportiva), elaboração do plano estratégico da Eurocidade cooperação sustentável, criação do cartão Eurocidade, criação do Observatório e um plano de comunicação conjunto entre as três localidades.
 
Este projeto pressupõe um investimento na ordem dos 900 mil euros, também ele será inscrito para financiamento na ordem dos 75 por cento.
 
Fotografia: C.M.Elvas.

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram