30/01/2023 | 5:04

TV Guadiana

Alentejo em Direto

“EL ARTE Y MUSICA DE ANGIE DEL RIEGO” EM EXPOSIÇÃO EM MONSARAZ

“EL ARTE Y MUSICA DE ANGIE DEL RIEGO” EM EXPOSIÇÃO EM MONSARAZ

Fonte: C. M. Reguengos de Monsaraz

“El Arte Y Musica de Angie Del Riego” é o título da exposição de pintura e desenho que a artista dominicana Maria Angelines (Angie) Del Riego Abreu vai apresentar de 22 de outubro a 11 de dezembro na vila medieval de Monsaraz. Esta mostra vai ser inaugurada no sábado pelas 12h e poderá ser apreciada diariamente das 9h30 às 13h e entre as 14h e as 17h na Igreja de Santiago.

A exposição será visitada no final de novembro pelo Embaixador da República Dominicana em Portugal, Miguel Angel Prestol.

A exposição integra quadros a óleo sobre tela e desenho misto a carvão e lápis de cor. Uma das obras que vai estar exposta, “La Marchanta en el mercado”, foi selecionada entre duas mil obras representando 200 países para a exposição mundial da Organização das Nações Unidas na Expo 2015 em Itália.

Angie Del Riego também é a cantora e compositora, tendo composto a música “Nombre Secreto: Mariposas”, para o documentário sobre as Irmãs Mirabal, que foram mortas no dia 25 de novembro de 1960 durante a ditadura de Rafael Trujillo na República Dominicana. Os trabalhos desta artista dominicana integram importantes coleções privadas e têm sido apresentados em exposições individuais e coletivas nos Estados Unidos da América e na Europa.

A artista refere que “pintei uma pintura e isso inspirou-me a escrever uma música ou cantando uma música senti-me inspirada a pintar. Vou desenhar, pintar e cantar para mim e compartilhar com o mundo sem expectativas de aceitação, mas consciente do que isso significa para mim. Então estarei dando ao mundo o melhor de mim”.

Sobre…

Angie Del Riego nasceu em 1961 na República Dominicana e a maior parte da sua carreira foi desenvolvida desde 1990 nos Estados Unidos da América e a partir de 2010 em Espanha, onde atualmente reside. A artista explica que “a relação entre a música e a arte levou-me a explorar diferentes técnicas e suportes que transformaram as minhas ideias em coleções ou séries com diferentes temáticas, combinando arte e recitais de canto para apresentar o que chamo de exposições multidisciplinares. Utilizando a música e a arte como instrumento de recuperação física, mental e emocional, comecei a desenvolver projetos com temáticas étnicas e consciencialização da violência contra a mulher”.

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram