21 de Julho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ESTÁDIO DO ALGARVE NÃO IRÁ RECEBER QUALQUER JOGO DO MUNDIAL 2030

ESTÁDIO DO ALGARVE NÃO IRÁ RECEBER QUALQUER JOGO DO MUNDIAL 2030

ESTADIO DO ALGARVE

FIFA Anuncia Países Organizadores do Mundial 2030

A FIFA anunciou no passado dia 04 de outubro os países organizadores do Mundial 2030, uma decisão que Portugal aguardava com alguma expetativa dada a candidatura que o nosso país integrava juntamente com Espanha e Marrocos.

Candidaturas em Disputa

A candidatura conjunta de Portugal disputava a organização com uma outra candidatura conjunta entre Argentina, Uruguai e Paraguai e ainda uma candidatura da Arábia Saudita. A decisão da FIFA foi um tanto ou quanto salomónica e atribuiu os jogos de abertura a Uruguai, Argentina e Paraguai e os restantes a Portugal, Espanha e Marrocos, distribuindo assim o torneio por 6 países e 3 continentes. Um pequeno dado curioso consiste na atribuição da organização de um campeonato do mundo a candidaturas assumidas por 3 países pela segunda vez consecutiva – o Mundial 2026 vai realizar-se nos EUA, Canadá e México. A boa notícia decorrente desta decisão prende-se com a qualificação automática de Portugal para o Mundial 2030, pelo que os portugueses poderão largar a calculadora desta vez – ou utilizá-la apenas para calcular as suas apostas em sites online enquanto desfruta de outros jogos de futebol.

Portugal, Espanha e Marrocos: Uma Organização Tripartida

Em Portugal apenas três estádios estão aptos para receber jogos do Mundial 2030. O Estádio do Algarve não cumpre os requisitos mínimos, à cabeça a lotação mínima de 40.000 lugares (lotação do recinto é de aproximadamente 30.300 espetadores). Sem surpresa, os estádios portugueses aptos a receber jogos do Mundial são:

  • Estádio da Luz (pode receber jogos até às meias-finais)
  • Estádio de Alvalade (pode receber jogos até aos quartos-finais)
  • Estádio do Dragão (pode receber jogos até aos quartos-finais)

Desta forma, apenas duas cidades portuguesas, Lisboa e Porto, terão capacidade de receber o campeonato do mundo, assumindo que têm a capacidade de cumprir com os restantes requisitos aplicados pela FIFA às cidades que acolhem jogos:

  • Hotéis de 4 ou 5 estrelas com um mínimo de 80 quartos em número suficiente para albergar os atletas e staff das equipas
  • 4000 quartos para os adeptos por cada cidade-sede
  • Mínimo de 72 centro de treinos
  • Duas Fan-Zone por cidade-sede

Lisboa e Porto, deverão cumprir estes critérios sem grande dificuldade.

Espanha e Marrocos

Ainda não são totalmente conhecidos os estádios que irão albergar jogos em Marrocos e em Espanha. Porém, existem seis cidades marroquinas com capacidade de receber o evento: Rabat, Casablanca, Tanger, Marraquexe, Fez e Agadir.

Espanha receberá o maior número de jogos da competição. No total, Espanha tem 15 estádios elegíveis para receber jogos, dos quais deverá escolher apenas 11 para receber jogos do campeonato do mundo.

Calendário e jogos

O calendário do Mundial 2030 ainda não é conhecido. No entanto, deverá ser disputado nos moldes habituais da FIFA (exceção ao Mundial Qatar 2022), ou seja, decorrer entre junho e julho de 2030, com a final a ser disputada muito provavelmente a 14 ou 21 de julho de 2030.

O jogo inaugural será disputado em Montevideo, no Uruguai, numa alusão aos 100 anos do primeiro mundial: Uruguai 1930. Os jogos inaugurais da Argentina e Paraguai serão igualmente disputados nos seus países, antes da prova mover-se em definitivo para Portugal, Espanha e Marrocos. O palco da final já está escolhido: o novo Santiago Bernabéu.

O Mundial 2030 vai contar com 48 seleções, distribuídas por 12 grupos de quatro equipas, resultando assim num total de 104 partidas.



Skip to content