22/06/2021

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ÉVORA: CÂMARA MUNICIPAL INVESTE EM TECNOLOGIA PARA OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS NA GESTÃO DAS REDES DE ÁGUA E SANEAMENTO

ÉVORA: CÂMARA MUNICIPAL INVESTE EM TECNOLOGIA PARA OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS NA GESTÃO DAS REDES DE ÁGUA E SANEAMENTO

A Câmara Municipal de Évora tem em fase de implementação um novo sistema de telegestão das redes de água e saneamento. Utilizando os mais modernos meios tecnológicos, este sistema tem como base duas aplicações informáticas que se traduzem em instrumentos de gestão que permitem, de forma eficaz, melhorar substancialmente a operacionalidade e otimizar os recursos nas várias vertentes da gestão das redes.

A primeira, designada por “Interaqua”, é um software que se traduz numa solução integrada para a gestão de infraestruturas de abastecimento de água e de drenagem de águas residuais, cuja principal mais valia é a implementação de tecnologia de Sistemas de Informação Geográfica que permite apoiar a tomada de decisão, proporcionando uma melhor gestão estratégica e tendo como objetivo conseguir uma melhor eficiência operacional e de gestão das redes de água e de saneamento.

A segunda, o “AQUAField”, é uma solução de mobilidade operacional, ou seja, uma ferramenta de apoio à gestão operacional vocacionada para registo, planeamento e gestão das tarefas de execução no âmbito da manutenção e operação de redes de água e saneamento. Uma das principais vantagens deste software é permitir a execução de fechos otimizados da rede, com impacto na diminuição do volume de água desperdiçado e na redução do número de clientes afetados no caso de fecho da rede.

Segundo a Câmara Municipal de Évora, o investimento em ferramentas técnicas evoluídas enquadra-se na política municipal de permanente modernização de meios, cuja adaptação aos modelos de gestão praticados, permitem manter a gestão municipal num nível tecnologicamente atualizado. Por outro lado, no caso concreto da gestão das redes de abastecimento de água e drenagem de esgotos, este novo sistema, para além de permitir maior eficiência na gestão de recursos, com consequente redução de transtornos para os munícipes utentes, permite também uma contribuição importante para a redução de perdas de água, em benefício dos recursos ambientais.

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram