22/09/2021

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ÉVORA: CENTRO INTERPRETATIVO DA CIDADE ABRE AO PÚBLICO ESTE SÁBADO, DIA 31 DE JULHO

ÉVORA: CENTRO INTERPRETATIVO DA CIDADE ABRE AO PÚBLICO ESTE SÁBADO, DIA 31 DE JULHO

Inaugurado no passado dia 29 de junho, Dia da Cidade, depois de uma intervenção que requalificou este monumento nacional, o Palácio de D. Manuel alberga agora o Centro Interpretativo da Cidade de Évora, além de uma sala de exposições temporárias e de uma sala de conferências totalmente equipada. O Centro Interpretativo abre agora portas ao público, percorrendo os 20 séculos de história que modelaram a cidade de Évora.

Segundo a Câmara Municipal de Évora, o Centro Interpretativo da Cidade de Évora que agora abre portas e que desempenha um papel determinante na prossecução de uma estratégia municipal de criação de melhores condições de acolhimento aos visitantes da Cidade, procurou estruturar-se em torno de uma narrativa que permite apresentar ao visitante as razões pelas quais Évora foi considerada Património Cultural da Humanidade.

Através de documentos, artefactos museológicos, imagens, sons e recursos multimédia, foi desenvolvido um discurso que evidencia uma visão abrangente do sítio classificado, documentando, de forma simples e apelativa, as grandes linhas pelas quais se tece a sua harmonia temporal.

Em termos expositivos, procurou-se (re)interpretar as diversas peças, as imagens analógicas e virtuais, as maquetas e as recriações expostas, cruzando-as com momentos históricos do país vivenciados em Évora, através de um trilho dramático e sonoro, onde a música, a poesia, relatos ou curtas ficções dramatizadas permitem estabelecer uma desejável ponte do espaço interpretativo para a cidade.

Para assinalar a abertura de portas, tem lugar , hoje, dia 30 de julho a conferência “Território e Memória(s). Vozes humanas para um amanhã de futuro”, proferida pela Professora Catedrática da Universidade de Évora, Fátima Nunes, bem como uma visita comentada ao Centro Interpretativo, guiada pela Doutora Cármen Almeida.

O Centro interpretativo pode ser visitado de terça-feira a sábado, entre as 09h30 e 12h30 e entre as 14h00 e as 18h00.

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram