02/08/2021

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ÉVORA: PROJETO AGER (E), LANÇA O AGERINHO

Évora rural é rica de igrejas, palácios, conventos, castelos, sítios e monumentos arqueológicos, natureza, fauna, flora, paisagens … mas também de pessoas, costumes, lendas e tradições, saberes e sabores…
 
Por isso nasceu o AGER(E), um projeto lançado pelo Município de Évora em dezembro de 2014 e cuja dimensão se estende, no seu conceito de património, a toda a vastidão das suas vertentes material e imaterial. O objetivo principal foi o de salvaguardar e ao mesmo tempo promover o património de maior relevância cultural existente nas freguesias rurais do Concelho de Évora.
 
Durante a fase de levantamento inicial e ao longo do estudo que nunca termina, foram definidas as seguintes seis áreas temáticas, de acordo com os grandes traços de identidade histórica e cultural das freguesias rurais: “Paisagem Arqueoambiental” – megalitismo, romanização e renascimento; “Do Sagrado ao Profano” –  lendas e tradições; “O Património da Água”; “Saberes e Sabores” – cortiça, artesanato e gastronomia; “Caminhos da Memória Cantada e Contada” – música e oralidade; “Cultos Antigos em Terras de Cante” –  o cante tradicional alentejano.
 
No âmbito da criação de instrumentos de gestão foi realizado trabalho de formação junto dos agentes locais, tendo em conta também o interesse na fruição do património. Nesse sentido foram desenvolvidas várias ações de animação cultural durante o ano de 2015: visitas guiadas ao património histórico, passeios culturais, concertos de Natal, cante tradicional e brincas. Foi ainda concebido um Tour Rural em formato editável com dois percursos temáticos que ligam todas as freguesias rurais do concelho.
 
Sabendo que o investimento na educação é um dos mais importantes meios potenciadores da valorização do património, surgiu agora, no âmbito do AGER(E) um projeto educativo: o AGERINHO. Graças ao trabalho desenvolvido em parceria com o meio escolar e agentes locais, foi possível pôr em prática um projeto marcado pela originalidade e forte interação dos mais jovens com o ambiente cultural das freguesias rurais.
 
O AGERINHO consiste na realização de um ciclo de visitas guiadas de escolas urbanas ao património rural, cujo acolhimento e dinamização será feito por alunos das escolas rurais anfitriãs. O objetivo também inclui preservar os conteúdos destas ações, editando o AGERINHO em forma de livro/caderno de exploração pedagógica.
 
 As visitas deverão ter lugar em fases, de forma a envolver todas as freguesias rurais do concelho. Assim, para além da abordagem e divulgação do património cultural existente no meio rural, estaremos a investir na educação através de instrumentos pedagógicos inovadores, despertando o interesse dos jovens pela cultura numa perspetiva diferente do ambiente tradicional.

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram