22 de Junho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

HOMENAGEM A JOSÉ CUTILEIRO: MEMÓRIAS QUE PERDURAM

HOMENAGEM A JOSÉ CUTILEIRO: MEMÓRIAS QUE PERDURAM

JOSE CUTILEIRO 1200x600 1

Memórias em Memória de José Cutileiro: Homenagem da DRC Alentejo ao Ilustre Autor de Ricos e Pobres no Alentejo

A Direção Regional de Cultura do Alentejo presta uma homenagem ímpar à figura marcante da Antropologia, José Cutileiro, com o lançamento do livro “Memórias em Memória de José Cutileiro”. Este projeto, meticulosamente planeado, será concretizado no dia 15 de dezembro, às 18h30, na Igreja de Santiago, em Monsaraz, numa cerimónia presidida pelo Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva.

Contextualização da Homenagem

José Cutileiro, notável diplomata português e nativo de Évora, deixou um legado significativo na Antropologia. Doutorando-se em Oxford nos anos 60 do século XX, a sua tese, posteriormente publicada como “Ricos e Pobres no Alentejo,” tornou-se uma obra de referência na antropologia portuguesa. O trabalho de campo para esta pesquisa ocorreu em Reguengos de Monsaraz e, sobretudo, em Monsaraz, ao longo de aproximadamente três anos.

O Projeto “Memórias em Memória de José Cutileiro”

O projeto “Memórias em Memória de José Cutileiro” teve início no verão de 2020, logo após o falecimento do ilustre autor a 17 de maio daquele ano. Com o objetivo de homenagear o legado de Cutileiro, foram recolhidos testemunhos de antropólogos com experiência etnográfica ou reflexão sobre o Alentejo. O critério principal foi o reconhecimento da influência de José Cutileiro em cada autor, enquanto antropólogo da região.

Lançamento e Apresentação

O livro será lançado na Igreja de Santiago, em Monsaraz, numa sessão solene presidida pelo Ministro da Cultura. O volume, coordenado por Ana Paula Amendoeira e Pedro Prista, enfrentou desafios, incluindo os decorrentes da crise pandémica, para chegar ao público. Esta obra será apresentada na vila que testemunhou a maior parte da investigação de José Cutileiro, estabelecendo assim uma ligação afetiva e familiar única.

Skip to content