23/09/2021

TV Guadiana

Alentejo em Direto

NATAÇÃO: DIANA DURÃES COLECIONA RECORDES NO JAMOR

<p> <img alt="" src="images/Desporto/Natacao/DIANA.PNG" style="width: 200px; height: 192px; float: left;" /></p> <div style="text-align: justify;"> Diana Durães esteve imparável este fim-de-semana no decorrer do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores e Absolutos nos Jamor.</div> <div>  </div> <div style="text-align: justify;"> A nadadora do FC Porto bateu este domingo o recorde nacional sénior e absoluto dos 800 livres (8.43,58) e dos 200 livres (2.02,65) um dia depois de “arrasar” o máximo de Portugal dos 400 livres (4.13,34), confirmando ainda, na sexta-feira, os mínimos para os Europeus nos 400 estilos com 4.49.45 e no sábado os 200 estilos (2.16,99).</div> <div style="text-align: justify;">  </div> <div style="text-align: justify;"> Registos que fazem de Diana Durães sonhar com um lugar na final dos Europeus em Londres e a presença nos Jogos do Rio de Janeiro.</div> <div style="text-align: justify;"> "Os 800 livres não é a minha mas entrei forte, pois não tinha nada a perder. A Tamila [Holub] é sem dúvida melhor que eu nesta prova. Tentei ir com ela e aos 500 metros foi muito difícil, foi a cabeça que aguentou. No final sei que sou sempre mais forte e puxei aqueles 50 metros. Acho que a Tamila acabou por se cansar um bocadinho", disse no final a nadadora portuguesa treinada por Aurelien Gabert, no Centro de Alto Rendimento de Rio Maior.</div>
 
Quanto ao recorde dos 200 livres Diana Durães acrescentou: “Melhor era impossível. Foi difícil. Não estava à espera. Entrei na água com grande motivação e a parte psicológica contou muito.”
 
 Depois destes resultado já só penso em ir ao Rio. “Nada é impossível e quero competir com as atletas de topo. Estou a chegar a um patamar que é cada vez mais difícil de melhorar os tempos”, revelou Diana Durães.
 
Por fim, a nadadora de 20 anos, agradeceu o “apoio e motivação fundamental que recebe” por parte do treinador, que “acredita em todo o seu potencial”.
 
No segundo lugar dos 800 livres ficou a anterior recordista nacional, Tamila Holub, com o registo de 8.47,81. O anterior máximo absoluto estava fixado em 8.45,53. Em terceiro ficou Angélica André (9.02,97).
 
Já nos 200 livres Diana Durães terminou com 2.02,65 superando o seu próprio recorde de Portugal (2.03,14) em Málaga (29/03/2015). Na segunda posição terminou Madalena Azevedo (Algés) com 2.07,23 e em terceiro Maria Amorim (FC Porto) com 2.07,71.
 
Ainda hoje destaque para o recorde nacional de juniores 18 dos 1500 metros livres para Guilherme Pina (15.31,96), marca que é mínimos para os Europeus de juniores. O anterior máximo de juniores estava na posse de Fernando Costa (15.34,51) desde 24 de janeiro de 2003 no Luxemburgo. O nadador do Benedita bateu a abrir os campeonatos os recorde nacional dos 800 livres (8.09,87).
 
Fotografia: F.P.Natação

Deixe uma resposta

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram