21 de Julho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ENTRADA EM OPERAÇÃO DE 37 NOVOS RADARES REFORÇA FISCALIZAÇÃO DE VELOCIDADE A PARTIR DE 1 DE SETEMBRO

ENTRADA EM OPERAÇÃO DE 37 NOVOS RADARES REFORÇA FISCALIZAÇÃO DE VELOCIDADE A PARTIR DE 1 DE SETEMBRO

RADAR jpg

37 Novos Radares em Funcionamento a Partir de 1 de Setembro: Reforço na Fiscalização de Velocidade

Os 37 novos radares da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) entrarão em funcionamento a partir das 00H00 do dia 1 de setembro de 2023. Este é o primeiro lote de um total de 62 novos Locais de Controlo de Velocidade (LCV), que irão duplicar a capacidade do Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO), passando de 61 para 123 LCV. Esta ação tem como objetivo reforçar a segurança rodoviária, com enfoque na diminuição da velocidade e prevenção de acidentes. Os novos radares foram anunciados oficialmente a 16 de agosto e já se encontram identificados nas estradas, além de serem listados no site www.radaresavista.pt, onde é possível obter informações detalhadas.

Campanha “Os Radares Salvam Vidas” para Sensibilização

Nos últimos 15 dias, a ANSR lançou a campanha “Os Radares Salvam Vidas” em diversos meios de comunicação, com o objetivo de alertar para a entrada em funcionamento dos novos radares. Esta campanha visa assegurar total transparência na localização dos radares e promover comportamentos seguros ao volante. Ao divulgar a localização dos radares, a ANSR pretende aumentar a eficácia destes dispositivos na prevenção de acidentes e, por conseguinte, na preservação de vidas. Para mais detalhes, consulte o comunicado oficial neste link.

Eficiência dos Radares SINCRO: Redução de Infrações e Sinistralidade

O Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO) tem demonstrado a sua eficácia ao longo dos anos. Entre 2018 e o primeiro semestre de 2023, os radares SINCRO fiscalizaram quase 550 milhões de veículos/condutores, resultando em cerca de 2 milhões de infrações registadas. A política de transparência na localização dos radares contribuiu para manter uma taxa de infração relativamente baixa, atingindo 0,29% no primeiro semestre de 2023. Esta abordagem tem-se mostrado eficaz na redução das velocidades e, por conseguinte, na diminuição de acidentes. A sinistralidade rodoviária nos locais onde os radares SINCRO estão ativos apresentou uma queda notável, com menos 36% de acidentes com vítimas, menos 74% de vítimas mortais, menos 44% de feridos graves e menos 36% de feridos leves.

Radares Estratégicos e Redução de Velocidade

A ANSR divulgou os cinco locais onde os radares têm registado o maior número de infrações. Estes pontos representam cerca de um terço do total de infrações registadas pelo sistema SINCRO em 61 LCV:

  1. Radar da EN125, km 102,0 em Faro, sentido Oeste-Este
  2. Radar da A1, km 188,6 em Coimbra, sentido Sul-Norte
  3. Radar da A4, km 0,1 em Matosinhos, sentido Este-Oeste
  4. Radar da A29, km 40,9 em Vila Nova de Gaia, sentido Sul-Norte
  5. Radar da A23, km 18,6 em Vila Nova da Barquinha, sentido Este-Oeste

Radares para Salvar Vidas: Foco em Zonas de Concentração de Acidentes

Os 62 novos LCV, dos quais 37 serão ativados amanhã, estão estrategicamente posicionados em zonas onde acidentes fatais e velocidade excessiva têm sido recorrentes. Nos últimos cinco anos, nessas áreas, perderam-se 115 vidas, representando um quarto das mortes nos locais identificados como concentradores de acidentes mortais pela ANSR. Com a instalação destes radares, a ANSR tem como objetivo salvar vidas e garantir que todos cheguem aos seus destinos em segurança.

Prioridade à Vida: Conduza com Segurança

A instalação dos radares reforça a prioridade dada à segurança rodoviária. Mantenha sempre a prioridade à vida ao volante e conduza com segurança.

Mapas e Lista de Locais de Controlo de Velocidade Disponíveis

Para consultar os mapas e a lista completa dos locais de controlo de velocidade em funcionamento e dos que entrarão em funcionamento em 1 de setembro de 2023, visite o seguinte link aqui.



Skip to content