27/10/2021

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ONLINE: ROADSHOW TECNOLÓGICO NACIONAL “VALORIZAÇÃO INTEGRADA DO CARDO”

O Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) regressa com uma nova sessão do Roadshow Tecnológico Nacional “Valorização Integrada do Cardo”, desta vez com duas sessões no Distrito de Portalegre, com os temas: “DOP Nisa em análise” e “Portalegre Circular em análise”. Nesta quarta sessão do programa itinerante nacional, lançado em colaboração com o Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) e a Universidade de Évora (UÉvora), a discussão relativa à valorização do Cardo na produção do queijo de Nisa e o seu contributo para uma Economia Circular vão estar em destaque.

A quarta sessão do Roadshow Tecnológico para a “Valorização integrada do Cardo” terá duas partes, a primeira focar-se-á no tema: “DOP Nisa em análise” ocorrerá dia 22 de junho e a segunda parte com o tema:” Portalegre Circular em análise” que terá lugar no dia 29 de junho, ambas serão em formato online. Com a chegada do Verão, também a recolha da flor do Cardo (Cynara cardunculus) se aproxima. A flor desta planta é um ingrediente fundamental na produção de queijos no nosso país, como o queijo DOP Nisa, o protagonista da primeira parte deste programa. Além da valorização da flor, o Cardo é uma planta multifuncional adequada à extração de bioingredientes e biomassa com aplicações diversas: desde a indústria alimentar, a energia até à indústria farmacêutica, o que a torna adequada à inserção numa Economia Circular, o foco da segunda parte deste programa.

A primeira parte do evento irá focar-se nos estudos desenvolvidos com base no queijo DOP Nisa. A apresentação do Investigador João Dias (IPBeja) irá focar-se nas estratégias de automação das câmaras de cura de queijo. Já a investigadora Cristina Conceição (UÉvora) irá evidenciar o estudo da caracterização da influência da flor do Cardo na produção de queijo artesanal, como o queijo DOP Nisa. A mesa-redonda intitulada “Cardo: um recurso dinamizador do território” será promovida pela Comissão de Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDR-Alentejo) e terá como convidada a entidade certificadora AGRICERT. Esta será uma reflexão sobre as potencialidades do Cardo como um recurso dinamizador do
território, através da produção de produtos regionais, como o queijo DOP Nisa, e não só.

O programa da segunda parte do evento irá evidenciar a importância da planta Cardo para o estabelecimento de uma Economia Circular. As apresentações das investigadoras Fátima Duarte e Teresa Brás do CEBAL, MED pretendem evidenciar a investigação desenvolvida relativa à valorização da folha do Cardo, através da extração de compostos de valor que podem ser aplicados na indústria agrícola e farmacêutica, abordando também a perspetiva económica. Por outro lado, a apresentação da investigadora Luísa Carvalho do Instituto Politécnico de Viseu (IPViseu) irá abordar um projeto recente de produção de uma linha de mobiliário que combina partículas de madeira e caule de Cardo. Nesta segunda parte, a mesa-redonda, intitulada “O potencial circular da cultura do Cardo”, será dinamizada pelo Instituto Politécnico de Portalegre e terá como entidades convidadas o Fórum de Economia Circular da CCDR-Alentejo (FECA) e a Associação de Agricultores do Distrito de Portalegre (AADP). Esta será uma discussão em volta da elevada multifuncionalidade do Cardo e o seu contributo para o estabelecimento de uma Economia Circular.

As duas partes desta sessão são abertas a todos os interessados e ocorrerão em formato online via videoconferência Zoom pelas 14h00 horas. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, até ao dia 28 de junho através do formulário: https://forms.gle/bfu1gXc7SRN2snAs9.

O programa itinerante de Valorização do Cardo já contou com mais de 200 participantes de diferentes regiões do país e pretende chegar a muito mais, numa estratégia de promoção de soluções integradas de utilização e produção deste recurso endógeno de alto valor. Esta iniciativa é uma atividade que se insere no projeto CynaraTeC financiado pelo Programa Operacional Regional do Alentejo – Alentejo 2020, este é um projeto de transferência de conhecimento e tecnologia que pretende unir a investigação científica a diferentes setores industriais no apoio à valorização do Cardo.

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram