15 de Junho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

PACO E A VIDA EM MONSARAZ: UM RETRATO ARTÍSTICO DA VILA MEDIEVAL

PACO E A VIDA EM MONSARAZ: UM RETRATO ARTÍSTICO DA VILA MEDIEVAL

1200x600

Exposição “O Meu Alentejo” na Igreja de Santiago

A Igreja de Santiago, em Monsaraz, acolhe a exposição de pintura “O meu Alentejo”, de Paco, até ao dia 3 de março. O pintor francês apresenta as suas obras em pinturas a óleo sobre tela, proporcionando o seu olhar único sobre a região do Alentejo. As obras estarão disponíveis para apreciação diariamente, das 9h30 às 13h e das 14h às 17h.

A Perspectiva de Paco sobre o Alentejo

Paco, residente em Terena, no concelho do Alandroal, compartilha sua transição de turista a habitante e suas impressões que se entrelaçam entre contemplação e observações. O artista destaca a ausência de mensagens subliminares em seu olhar artístico, enriquecido pela influência da geografia, clima e caráter único desta região. A sua pintura é descrita como generosa, repleta de anedotas e piscadelas, animada pelo espetáculo simples das ruas e da vida.

O Destaque para Monsaraz na Exposição

Na Igreja de Santiago, Paco apresenta um conjunto de 36 obras, concentrando-se especialmente em Monsaraz. Os seus quadros capturam não apenas as ruas, casas e monumentos da vila medieval, mas também a vida local, com destaque para habitantes e turistas.

A Abordagem de Paco: “Equilibrista da Cor”

Paco autodefine-se como “um equilibrista da cor”, multiplicando equilíbrios ousados na composição, no enquadramento e nas massas coloridas para interpretar as emoções vividas no local. Aborda a construção das suas telas com a precisão de um arquiteto, adotando um estilo de escrita minimalista que destaca a elegância da linha e do desenho. A sua pintura interpreta impressões e felicidade em uma alegre explosão de cores.

Skip to content