22 de Julho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

PINTURAS ALENTEJANAS: A EXPOSIÇÃO DE MANUEL JOSÉ MARQUES

PINTURAS ALENTEJANAS: A EXPOSIÇÃO DE MANUEL JOSÉ MARQUES

1200x600

Celebração da Terra e do Céu

As telas pintadas por Manuel José Marques reúnem as cores para celebrar a terra e o céu na plenitude do sol. A exposição, intitulada “Terra e Céu”, estará em exibição no Auditório António Marcelino da Biblioteca Municipal de Reguengos de Monsaraz, de 16 de fevereiro a 17 de março.

Exploração da Paisagem Alentejana

O autor propõe 17 quadros que retratam um Alentejo sem sombras, pleno de luz e de infinito. Nestas obras, Monsaraz aparece ocasionalmente como uma presença silenciosa e vigilante, despertando novos sentimentos.

Inspiração em Monsaraz

Das 17 obras, seis são inspiradas na vila medieval de Monsaraz. Entre elas destacam-se “Vigiando a Planície”, “Amendoeiras”, “Tardes de Oiro”, “Navegando em terra firme”, “Sentinela da Manhã” e “Sentinela da Tarde”.

Trajetória e Abordagem Artística de Manuel José Marques

Manuel José Marques é pintor, sacerdote, professor e jornalista. Formado no Instituto Superior de Teologia de Évora e na Universidade Pontifícia de Salamanca (Espanha), ele explora diversas técnicas artísticas, desde o desenho a lápis até à pintura a óleo e acrílico, incorporando materiais como tecidos e areias em suas composições.

Autodidatismo e Filosofia Artística

Considerando-se autodidata, cada tela para Marques é um lugar de desassossego e inquietação que abre espaço ao silêncio e à paz.

Experiência Expositiva de Manuel José Marques

“Terra e Céu” marca a sétima exposição de Manuel José Marques, que começou a exibir seu trabalho em 1996, em Évora. Desde então, ele tem apresentado as suas obras em várias outras localidades, como Monsaraz, Montemor-o-Novo e Monforte.



Skip to content