22 de Junho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

RENOVAÇÕES DE CONTRATO EM “O ELVAS” PARA A NOVA ÉPOCA

RENOVAÇÕES DE CONTRATO EM “O ELVAS” PARA A NOVA ÉPOCA
Renovações de contrato em “O Elvas” – Clube Alentejano de Desportos, Futebol SAD

Desde o início de maio, “O Elvas” tem vindo a anunciar, de forma pública, as renovações de contrato em “O Elvas” dos jogadores do setor defensivo que continuarão a vestir as cores “azul e ouro” na próxima temporada. Este processo de renovações de contrato em “O Elvas” foi precedido pelo anúncio dos jogadores que não farão parte da equipa na nova época, a continuidade da equipa técnica e a contratação do avançado camaronês Lionel Yombi.

Renovações de contrato em “O Elvas” com César Medina, João Carmo e Rúben Cardoso
César Medina, Defesa-Goleador

O primeiro jogador a renovar o contrato foi César Medina, defesa colombiano de 31 anos, que se destacou como o melhor marcador de “O Elvas” na última temporada, com 10 golos na fase regular e um total de 11 golos em 25 jogos. César Medina, reconhecido pela sua performance, assinou um novo vínculo até junho de 2025, mostrando a importância das renovações de contrato em “O Elvas”.

João Carmo, Lateral-Direito

João Carmo, lateral-direito de 21 anos, também renovou o seu contrato. Com formação no Sporting, Sesimbra, Cova da Piedade e Amora, João Carmo teve uma época dividida entre o Oriental Dragons e “O Elvas”, onde participou em 13 jogos, somando 684 minutos de competição e uma assistência. Esta renovação de contrato em “O Elvas” garante a continuidade de um jogador promissor na defesa.

Rúben Cardoso, Defesa-Central

A mais recente renovação de contrato em “O Elvas” foi protagonizada por Rúben Cardoso, defesa-central de 21 anos, com um currículo que inclui Benfica, Rio Ave, FC Porto e Vitória Guimarães. Na última época, Rúben Cardoso participou em 25 jogos, contabilizando 2.275 minutos e marcando 3 golos. Tal como os seus companheiros, Rúben Cardoso assinou um novo contrato até junho de 2025, consolidando as renovações de contrato em “O Elvas”.

Skip to content