21 de Julho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

FÓRUM TÉCNICO-CIENTÍFICO MÉDICO: UNIÃO EM PROL DA SAÚDE EM PORTUGAL.

FÓRUM TÉCNICO-CIENTÍFICO MÉDICO: UNIÃO EM PROL DA SAÚDE EM PORTUGAL.
Fórum Técnico-Científico Médico: União inédita em prol da saúde em Portugal

Pela primeira vez em Portugal, a Ordem dos Médicos (OM), as Escolas Médicas Portuguesas (EMP) e as Sociedades Científicas Médicas (SCM) unem-se para criar o Fórum Técnico-Científico Médico (ForTeM). Esta iniciativa, liderada pela Ordem dos Médicos, visa promover a articulação e partilha de conhecimento entre cerca de 170 entidades, colégios de especialidade, sub-especialidades e competências da OM, EMP e SCM. O objetivo? Uma saúde melhor e mais qualificada para todos os portugueses.

ForTeM: Uma plataforma para a excelência na saúde

Fórum Técnico-Científico Médico nasce com o objetivo de melhorar a qualidade do ensino, formação, investigação e prestação de cuidados de saúde em Portugal. Ao reunir as principais instituições de ensino médico, o ForTeM pretende criar sinergias e potenciar o desenvolvimento da medicina no país.

Partilha de conhecimento e qualificação profissional

Através da colaboração entre as diferentes instituições, o Fórum Técnico-Científico Médico pretende promover a partilha de conhecimento e boas práticas entre os profissionais de saúde. Esta iniciativa contribuirá para a qualificação profissional e para a melhoria contínua dos serviços de saúde.

Produção científica e educação para a saúde em foco

O ForTeM também terá como foco o incentivo à produção científica nas diferentes especialidades médicas. Através da realização de estudos e projetos conjuntos, o Fórum Técnico-Científico Médico pretende contribuir para o avanço do conhecimento na área da saúde. Para além disso, o ForTeM irá promover a educação para a saúde junto da população, através da divulgação de informação médica credível e de fácil acesso.

Sinergias para o desenvolvimento da medicina em Portugal

Para Carlos Cortes, Bastonário da Ordem dos Médicos, o Fórum Técnico-Científico Médico “será a maior plataforma de organizações técnico-científicas na área da saúde”, representando um passo fundamental para o futuro da saúde em Portugal. “Ao promover estas sinergias, a Ordem dos Médicos reforça, assim, ao mais alto nível, o seu contributo para o desenvolvimento da ciência, da medicina e da formação médica no país e defende o Ato Médico”, conclui.

A importância do ForTeM é também destacada por Helena Canhão, Presidente do Conselho de Escolas Médicas Portuguesas: “A criação do ForTeM representa um passo significativo para as Escolas Médicas, reforçando a colaboração e o intercâmbio de conhecimento técnico-científico que são indispensáveis para a excelência na formação médica.”

Já Luís Abranches Monteiro, Presidente da Mesa da Assembleia da Associação Portuguesa de Urologia, sublinha o carácter inovador da iniciativa: “Esta é a maior assembleia multidisciplinar Médica algum dia criada, com total liberdade de propostas, partilha e discussão. É da sinergia que nascem novas ideias, e que estas adquirem a autoridade de toda uma comunidade científica. A evolução da medicina e da cirurgia assenta em conhecimentos, metodologias e forças que, porventura, já existem, mas que só partilhados entre distintos saberes poderão vir a ter novos usos e novos desenvolvimentos.”



Skip to content