21 de Julho 2024

TV Guadiana

Alentejo em Direto

ICNF: NOVA COLÓNIA DE ABUTRE-PRETO DESCOBERTA NO ALENTEJO

ICNF: NOVA COLÓNIA DE ABUTRE-PRETO DESCOBERTA NO ALENTEJO

O ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas) identificou uma nova colónia de abutre-preto (Aegypius monachus) na Herdade do Monte da Ribeira, no concelho da Vidigueira, Alentejo. Esta descoberta, realizada no âmbito das ações de monitorização do ICNF, eleva para cinco o número de colónias conhecidas desta espécie em Portugal.

Nova colónia na Herdade do Monte da Ribeira

A nova colónia, descoberta na Herdade do Monte da Ribeira, é constituída por dez aves adultas, com uma estimativa de quatro a cinco casais reprodutores. Até ao momento, foram observados quatro ninhos.

Observação de quatro ninhos e um juvenil

Num dos ninhos observados foi possível confirmar a reprodução com a presença de um juvenil já emplumado.

Medidas de proteção e monitorização já em curso pelo ICNF

A Direção Regional de Conservação da Natureza e Florestas do Alentejo, em colaboração com os proprietários da Herdade do Monte da Ribeira, já está a implementar medidas para monitorizar e proteger a nova colónia. O ICNF sublinha a importância desta descoberta para a conservação do abutre-preto, uma ave necrófaga classificada como “Criticamente em Perigo”, em Portugal.

Abutre-preto: Uma espécie em recuperação em Portugal

O abutre-preto, a maior ave de rapina da Europa, com uma envergadura de asa que pode chegar aos três metros, está a recuperar gradualmente a sua população em Portugal após décadas de declínio. O ICNF tem vindo a desenvolver esforços para apoiar a conservação desta espécie, através de projetos como o “Aegypius return”, cofinanciado pelo programa LIFE da União Europeia.



Skip to content